Compatibilidade Serpente e Cavalo

Relações Gerais

A Serpente e o Cavalo gostam da companhia um do outro e suas relações gerais são cordiais, embora não necessariamente íntimas.

O Cavalo reconhece a mente viva e arguta da Serpente e valoriza as suas opiniões, enquanto esta aprecia o charme e a eloqüência do Cavalo.

Ambos têm muitos interesses e é provável que pelo menos alguns coincidam e que haja
uma certa harmonia entre eles.

Esses dois signos se respeitam, mas o Cavalo tem um espírito um pouco aventureiro e independente e as suas relações podem esfriar quando a Serpente preferir seguir o seu caminho em vez de ter o estilo de vida agitado e mais ativo do Cavalo.

Como colegas e sócios a Serpente e o Cavalo formam uma combinação razoavelmente boa, um se beneficiando com os talentos e as qualidades positivas do outro.

A Serpente pensa e planeja, enquanto o Cavalo põe os planos em prática.

Trabalhador e entusiástico, ele a motiva e ajuda-a a tomar-se mais ativa.

Por sua vez, esta lhe dá muitos conselhos úteis e evita que ele aja impetuosa e precipitadamente, como às vezes pode agir.

Quando a Serpente e o Cavalo se unem para atingir um objetivo, sua parceria pode ser bem-sucedida.

É preciso haver cautela no relacionamento pais-filhos entre esses dois signos.

O pai do signo de Serpente acha a criança do de Cavalo independente e obstinada e a comunicação entre eles às vezes é difícil.

O filho pode achar o pai possessivo e protetor demais e querer sair de casa cedo.

Quando o Cavalo é o pai e a Serpente o filho, também podem haver problemas.

A criança quieta e pensativa nem sempre aprecia o estilo de vida agitado e ativo que o pai tende a ter.

A Serpente prefere ordem, rotina e estabilidade, o que pode faltar no lar de um Cavalo.

É possível que não haja um bom entendimento entre eles.

No Amor e Casamento

É possível que a atração entre a Serpente e o Cavalo seja forte, e as suas relações intensas.

O Cavalo é seduzido pelo charme da Serpente, enquanto esta se deleita com a paixão e o amor do Cavalo.

Juntos eles podem divertir-se muito, ter uma vida social ativa e muitos interesses comuns.

Ambos tendem a ser cultos e a gostar de conversas inteligentes.

O Cavalo, mais extrovertido, aprecia o modo de ser quieto, calmo e ponderado da Serpente e esta admira a sua fidelidade.

Quando a Serpente e o Cavalo se apaixonam, ambos os signos se beneficiam muito com o relacionamento.

Contudo, em longo prazo pode haver problemas.

Felizmente, estes não são insolúveis e muitas Serpentes são felizes casadas com Cavalos, mas para isso é preciso que um compreenda o outro.

Os problemas surgem devido às suas personalidades diferentes.

A Serpente às vezes é possessiva e o Cavalo, que gosta de uma certa independência, sente-se reprimido com a sua atitude.

A Serpente deve dar-lhe tempo e liberdade para que se dedique aos seus próprios interesses, assim como incentivar aqueles que podem partilhar.

A Serpente, que pode ser promíscua, também precisa controlar a sua natureza às vezes namoradora.

O Cavalo é fiel e espera o mesmo de seu parceiro.

Contudo, o Cavalo é muito mais animado e aventureiro que a Serpente e precisa reconhecer que ela não pode ser apressada ou obrigada a agir contra a sua vontade.

Para viver em harmonia o Cavalo tem de ter muita paciência. Para alguém tão ativo, a morosidade da Serpente pode ser exas-perante.

Se ambos os parceiros estiverem preparados para tentar adaptar-se um ao outro, suas relações no amor e casamento serão satisfatórias.

A calma Serpente pode exercer uma influência estabilizadora sobre a natureza às vezes volúvel do Cavalo e também o ajuda a controlar o seu gênio.

Por sua vez, o Cavalo a toma mais extrovertida e aventureira, o que é bom para ela.

Com cuidado e compreensão ambos podem beneficiar-se com o relacionamento, mas para que o seu romance freqüentemente maravilhoso sobreviva, ambos precisam mostrar um desejo de adaptar-se um ao outro.

Depois de um bom início, essa combinação pode tomar-se difícil.

Signo Serpente