Compatibilidade Dragão e Dragão

Relações Gerais

Os Dragões são signos alegres e sociáveis e durante algum tempo dois Dragões podem se dar bem juntos. Eles gostam da companhia um do outro, trocam idéias e se divertem muito.

Contudo, os Dragões às vezes também são dominadores e francos e, com o correr do tempo, seus pontos de vista e interesses podem tomar-se conflitantes. Em curto e médio prazos suas relações gerais são boas; depois disso podem surgir dificuldades.

Os Dragões são empreendedores e esforçados e quando dois deles trabalham juntos, como colegas ou sócios, podem formar uma ótima equipe. Ambos são exigentes consigo próprios, entusiásticos, determinados e ambiciosos. Quando se unem para atingir um determinado objetivo, suas forças combinadas—junto com a sua sorte — os ajudam a ser bem-sucedidos.

Contudo, eles são assertivos e dominadores e se-co mnrnrrlaccpm em uma divisão de resDonsabilidades. Caso contrário, podem acabar competindo um com o outro por controle, o que poria fim à sua boa parceria profissional.

Como pai, o Dragão é rígido e justo. Com ele, as crianças sabem qual é a sua posição e quando o filho também é um Dragão o relacionamento é sólido. Há muita empatia entre eles e o pai faz todo o possível para apoiar e incentivar o seu filho alegre e entusiástico.

Reconhecidamente, há ocasiões em que a criança ativa e independente entra em choque com um igualmente decidido pai, mas em geral existe compreensão e muito amor em seu relacionamento. Uma criança do signo de Dragão se beneficia muito com um pai desse mesmo signo.

Amor e Casamento

Os Dragões freqüentemente se sentem atraídos um pelo outro. Vibrantes, graciosos e cheios de vida, são ótimos companheiros. Dois Dragões apaixonados podem ser muito felizes — eles se divertem, fazem grandes planos e falam sobre esperanças e as oportunidades que os esperam. Seu amor e sua dedicação um ao outro são totais. Ambos são otimistas e gostam de aproveitar a vida ao máximo.

Contudo, embora as primeiras fases de seu relacionamento tenham tanto a lhes oferecer, eles precisarão agir com cautela se quiserem manter essa felicidade e harmonia. Ambos podem ser obstinados e francos, e com as suas naturezas enérgicas e dominadoras, tentam fazer as coisas ao seu próprio modo.

Mas apesar do fato de haver momentos de discórdia, também há muito amor e respeito em seu relacionamento. Eles se permitem uma certa independência, em vez de insistirem em fazer tudo juntos. É bom que haja uma clara divisão de responsabilidades em sua vida doméstica e que um não tente interferir demais nas tarefas do outro.

Ambos os parceiros são trabalhadores e empreendedores e têm muita capacidade para ganhar dinheiro. Juntos têm estabilidade financeira e podem dedicar-se aos seus vários interesses. Eles também gostam da vida ao ar livre, de viajar e de ter uma vida social ativa.

Se dois Dragões conseguirem conciliar as suas naturezas dominantes e determinadas, no amor e casamento poderão formar um casal dinâmico, extrovertido e admirável e sua vida conjugal será rica e gratificante. Com cuidado, essa pode ser uma boa combinação, mas isso depende deles conseguirem manter em harmonia as suas personalidades obstinadas.

Signo Dragão