Compatibilidade Dragão e Cão

Relações Gerais

Há pouca harmonia entre o Dragão e o Cão e suas relações gerais não são boas. Suas opiniões e personalidades costumam ser muito diferentes e um não tem muito tempo para o outro.

O Cão considera o Dragão impetuoso e teimoso. enouanto este tem nouca naciência com o seu ieito sério e às vezes moralizador. Esses dois signos consideram difícil aceitar e compreender um ao outro e raramente se tomam amigos.

Sua falta de harmonia também prejudica os seus relacionamentos profissionais. Ambos acham difícil confiar um no outro e é possível que haja uma luta por supremacia. O corajoso e empreendedor Dragão está sempre tentando impor a sua vontade e as suas idéias ao Cão, que resiste a isso.

O Cão critica as idéias arrojadas e às vezes arriscadas do Dragão, enquanto este acha o seu modo de agir cauteloso muito restritivo. Como colegas ou sócios, Dragões e Cães freqüente-mente seguem direções opostas e é improvável que se saiam bem trabalhando juntos.

Também há dificuldades entre esses dois signos em um relacionamento pais-fílhos. Um pai do signo de Dragão pode achar difícil compreender as preocupações da criança às vezes ansiosa do de Cão, enquanto um pai do signo de Cão vê o modo de ser alegre, animado e independente de uma criança do de Dragão com uma certa apreensão.

Em ambos os casos é preciso haver muita cautela e compreensão. Esses signos acham difícil dar-se bem juntos e o pai tem de esforçar-se para compreender melhor o seu filho, caso contrário o laço entre eles nunca será forte.

No Amor e Casamento

A tradição não recomenda um relacionamento entre o Dragão e o Cão e no amor e casamento é possível que haja dificuldades. Às vezes estas são superadas e eles vivem felizes, mas isso é mais exceção do que regra.

O problema básico está em suas personalidades distintas e em seus modos diferentes de encarar a vida. O Dragão é alegre e extrovertido, às vezes ao ponto de ser exibido e, embora isso impressione a alguns, só consegue irritar o Cão, que vê as coisas como são.

O Cão é uma pessoa direta e prática e espera que os outros sejam como ele. Não lhe agrada o exibicionismo do Dragão e ele também considera difícil confiar em uma pessoa tão impulsiva, ou relacionar-se com ela. Por sua vez, o Dragão acha difícil entender a personalidade do Cão.

Embora leal, dedicado e responsável, ele pode tender a preocupar-se e ter crises de pessimismo e ansiedade. Nesses momentos ele precisa de compreensão e de um ouvido atento e isso é algo que o Dragão nem sempre percebe. Ambos podem ser francos e obstinados e tentar dominar o relacionamento.

Outra área de dificuldade é que esses signos tendem a ter interesses diferentes. O Cão costuma se envolver muito com questões humanitárias e, em um nível social, prefere uma refeição tranqüila com amigos a festas.

Por outro lado, o Dragão tem inúmeros interesses, adora ser o centro das atenções (com a sua personalidade extrovertida, é um pouco exibido-nista) e ter uma vida sodal ativa. Seus interesses e pontos de vista freqüentemente são opostos.

Um fator de compensação é que o Dragão apreda a lealdade do Cão e este pode tornar-se mais expansivo e seguro de si sob a sua influênda. Mas, em geral, no amor e casamento, as relações entre esses dois signos não são boas. Essa é uma combinação difídl e que representa um desafio.

Signo Dragão